Castanha do Brasil

A Cooperativa triplicou sua capacidade de compra da Castanha do Brasil em comparação a 2008, assim como sua capacidade de armazenamento e beneficiamento também foi ampliada. Através das Boas Práticas durante o processamento da castanha, a Cooperacre está evitando a aflatoxina (fungo que contamina a castanha) e atingindo reduções significativas nos níveis de contaminação. Recentemente, iniciamos a comercialização de amêndoas em embalagens fracionadas de 500g. Contamos hoje com quatro unidades produtivas, sendo duas de beneficiamento de castanha, uma para o pré-processamento e 1 agroindústria de polpa de frutas. Dessa forma, estamos gerando mais de 150 empregos diretos e aproximadamente 2000 indiretos contribuindo assim na geração de renda para as famílias envolvidas.

Ficha Técnica da Castanha do Brasil - CONFIRA AQUI!

Óleo de Copaíba

É retirado de forma manejada e de acordo com as boas Práticas com o uso de Kits para extração do Óleo fornecido pelos parceiros da Cooperacre, que atuam na viabilização do processo produtivo.  A Cooperacre estabelece pontos de recebimento da produção e paga o produtor à vista pelo produto recebido. Através de uma parceria com a Funtac (Fundação de Tecnologia do Estado do Acre), é feita uma análise de qualidade do óleo, que determinará se ele está dentro dos padrões para comercialização no mercado.

Borracha

Compra diretamente do produtor através das cooperativas e associações em pontos específicos estabelecidos pela Cooperacre.

Polpa de Frutas

O procesamento das polpas é realizado em uma unidade especializada localizada em Rio Branco. As polpas processadas são: Açaí, cajá, maracujá, goiaba, acerola, cupuaçu, manga, graviola.